Educação Financeira do Empreendedor
6 de dezembro de 2015
Recursos Humanos e Departamento Pessoal, qual a diferença?
20 de dezembro de 2015
Ver tudo

Educação Financeira Pessoal

Educação Financeira Pessoal

Como ter uma Educação Financeira Pessoal pode realizar sonhos?

No post passado falamos sobre a Educação Financeira do Empreendedoraqui vamos tratar da educação financeira pessoal que sem ela é impossível manter a motivação de trabalhar no dia a dia!

 

10 hábitos da sabedoria doméstica

  1. Economize pelo menos 30% de sua renda.

  2. Monitore seus gastos.

  3. Pague todas as suas contas no dia em que receber o pagamento.

  4. Estabeleça objetivos financeiros.

  5. Saiba quando investir em uma boa compra.

  6. Gaste dinheiro com as coisas que você precisa.

  7. Priorize a realização dos seus sonhos.

  8. Negocie descontos e prefira pagar a vista.

  9. Invista na sua segurança pessoal, familiar e patrimonial.

  10. Poupe para comprar bens de alto custo.

 

Como criar seu primeiro milhão?

Para tornar-se um milionário você precisa de três fatores fundamentais: Dinheiro a ser investido, uma taxa de juros mais alta que a inflação e tempo de investimento.

Sim, é possível se tornar milionário em 30 anos e a receita é simples, porém, depende de uma GRANDE escolha de vida, gastar 300,00 por mês com suas roupas, festas, baladas, diversões OU sacrificar algumas dessas diversões e colocar 300,00 num investimento de longo prazo.

Economizando R$ 10,00 reais por dia, poupando portanto R$300,00 reais ao mês e investindo este valor á uma taxa de juros de 1% a.m. durante 30 anos, você será milionário ao final deste período, isso é uma programação de aposentadoria, sendo assim, você deve trabalhar um pouco mais para além de poupar ter também sua grana para as diversões de finais de semana e viagens.

Lembre-se: Seus investimentos deverão ter alicerce em seu plano de vida.

Estamos falando de trabalho, por isso que trabalhar com algo que se tem PAIXÃO é tão importante!

 

Como livrar-se das dívidas?

Tá esperando um texto MILAGROSO, que vai resolver o seu problema como num passe de mágicas ou em alguns dias, lamento… Esse formato é apenas para aquele pessoal que acaba na cadeia… rsrsrs…

A melhor forma de sair das dívidas é negociando seus débitos, para tanto, é necessário que você conheça bem suas entradas e saídas de dinheiro, observe seu orçamento e perceba quais custos poderão ser reduzidos para que você possa substituí-los por parcelas atuais da dívida renegociada e fique atento com a taxa de juros e as tarifas embutidas em sua negociação.

Uma opção (A MELHOR) para livrar-se das dívidas é fazendo pequenos ajustes nas compras mais pontuais, sempre pergunte a sí mesmo antes de cada compra:

  • Eu realmente preciso disso?

  • Porque eu preciso disso?

  • Eu realmente vou usar isso o suficiente para compensar o gasto?

Outra sugestão é que vá ao supermercado com uma lista de compra e defina para sí mesmo que não irá levar absolutamente nada além da lista, estudos indicam que ir ao mercado sem lista e com fome faz com que as pessoas gastem além das necessidades reais.

Pode-se também cancelar cartões de crédito, e limites de crédito bancário, isso DEFINITIVAMENTE vai te impedir de gastar o que você não tem, o que você precisa ter é CORAGEM para ir no banco e fechar todos os seus limites de crédito para que não tenha mais seu nome no cheque especial ou no rotativo do cartão de crédito (isso funcionou para mim).

 

Planejamento e Monitoramento é a alma do negócio.

Sem planejar e monitorar o quanto você ganha e gasta não tem como você ter saúde financeira e realizar seus sonhos, lembrando que isso é um trabalho de alguns anos até você estar apto a comprar bens de consumo de alto valor, viagens internacionais entre outros, mas, se não começar HOJE, nem amanhã e nem nunca você vai poder deitar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilo sem se lembrar das suas contas!

É necessário que você construa um plano que te garanta bem estar e renda adequada para toda a vida.

Lembre-se: recolher o INSS não significa viver com liberdade financeira no futuro.

 

Este post teve colaboração de JULIANA GOMES, Facilitadora do Programa Empreendedor e Especialista em Planejamento Financeiro da IDEALIZE – Financeiro e Comunicação.

 

Deixe sua opinião nos comentários!!!

Inscreva-se para receber nossos novos posts!

[mc4wp_form]